07/08/2018 às 13h44min - Atualizada em 07/08/2018 às 13h44min

Empresário responsável por apoio rodoviário é notificado por órgãos fiscalizadores

Stephanny Sousa - Jornal In Foco
Ricardo Mesquita
Há pouco menos de um mês nossa equipe de reportagem lançou uma matéria falando sobre a construção silenciosa nas margens da Avenida Weyne Cavalcante de uma estrutura similar à de uma rodoviária.

A obra chamou atenção dos moradores que questionaram e denunciaram para nossa reportagem pedindo esclarecimentos da parte do governo, pois até o momento o projeto rodoviário é outro. Nossa equipe constatou que a obra era feita de forma privada e que a mesma não tinha alvará para funcionamento.

Mesmo não tendo as autorizações devidas, o apoio rodoviário começou a ter funcionamento normal há mais ou menos uma semana, sendo notificado no dia 13/07 pela Secretaria de Desenvolvimento Urbano para apresentar a documentação devida.

O prazo de regularização da edificação é de trinta dias, caso não seja apresentado a IDURB tomará as medidas cabíveis. Já os outros órgãos ainda não se pronunciaram sobre o assunto.

A obra de acordo com informações é irregular, não tendo projeto, aprovação no IDURB, estudo sobre impacto de vizinhança, estudo sobre impacto no trânsito, não apresenta liberação do DMTC, além de não ter alvará de funcionamento.

 Hoje pela manhã, fiscalizadores do Código de Postura do município notificou o empresário conhecido como “Baiano Doido” para apresentar as licenças necessárias para o funcionamento do empreendimento. Por enquanto o proprietário terá licença provisória e sem as devidas documentações a obra pode ser embargada a qualquer momento. 

Enquanto ao projeto da rodoviária nova do município nenhuma previsão foi relatada.
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »