Jornal In Foco Publicidade 1200x90
09/07/2024 às 11h44min - Atualizada em 09/07/2024 às 11h44min

Parauapebas vira paraíso de pesquisas eleitorais e supera capitais

Dois resultados de pesquisas registradas devem ser divulgados ao longo da semana: na quinta (11), a terceira do instituto Gauss e na sexta (12), a terceira do Doxa. Especulações em torno da disputa pela Capital do Minério fazem de Parauapebas lugar para ser “estudado pela Nasa”

Zé Dudu
O que Parauapebas tem – para muito além de problemas sociais – que metrópoles regionais como Belém, Porto Alegre, Goiânia, Recife, Salvador, Fortaleza ou mesmo uma nacional como o Rio de Janeiro não têm? A resposta é: a quantidade de pesquisas eleitorais. A Capital do Minério se tornou um antro de especulações de toda sorte por interessados de toda parte em saber os rumos da corrida eleitoral para tomar conta de um faturamento anual que gira atualmente em R$ 2,69 bilhões.
Parauapebas é, no momento, o sétimo maior reduto do Brasil no quesito pesquisas eleitorais registradas junto ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) até as 10h desta segunda-feira (8). As informações foram levantadas com exclusividade pelo Blog do Zé Dudu.
De acordo com os registros feitos até o momento no sistema PesqEle, Parauapebas computa 14 pesquisas registradas, sendo líder no Pará, com mais sondagens formalizadas que a capital paraense, Belém, em torno da qual há 12 registros. Ananindeua e Santarém, municípios com eleitorados maiores, têm quatro pesquisas cada uma. Já Marabá, cidade politicamente mais influente do sudeste do estado, não tem sequer uma pesquisa registrada.
Na Região Norte inteira, apenas as capitais Manaus (21) e Palmas (16) têm mais pesquisas eleitorais registradas que Parauapebas. Porto Velho (14) empatou, ao registrar a mais recente pesquisa ontem à noite. Considerando o eixo Norte-Nordeste, além dos municípios citados, o interesse e a especulação só são maiores sobre a situação política de Teresina (39) e Natal (16).
Teresina, aliás, é considerada a cidade mais “tarada” por pesquisas. Ela lidera disparado e sem rival à altura no país o ranking das pesquisas eleitorais. Se Parauapebas tivesse hoje o mesmo tamanho de eleitorado que Teresina, teria, proporcionalmente, registrado mais ou menos o mesmo número de pesquisas — na verdade, uma pouco mais: 41.
Das 26 capitais estaduais, apenas meia dúzia já registrou mais pesquisas que Parauapebas. Mesmo o Rio de Janeiro, metrópole com 25 vezes mais eleitores que a Capital do Minério, contabiliza apenas dez pesquisas. Já São Paulo, cidade mais populosa do ocidente, registrou até agora 21, nada que cause inveja a Parauapebas, já que a metrópole global brasileira tem eleitorado 46 vezes superior.
Dois resultados a caminho
No plano local, a semana vai ser agitada na Capital do Minério. Isso porque duas novas pesquisas foram registradas no último final de semana e terão resultados despejados na praça nos próximos dias, tanto para medir a temperatura do cargo de prefeito quanto de vereador.
A primeira a sair do forno é do instituto Gauss. Registrada na última sexta (5), ela foi concluída no sábado (6) e prometeu ouvir 1.000 eleitores parauapebenses em vários bairros urbanos e localidades da zona rural. Essa é a terceira pesquisa Gauss em Parauapebas nas eleições de 2024 e o resultado é previsto para a próxima quinta-feira (11).
Um dia depois, na sexta-feira (12), o instituto Doxa, velho conhecido das consultas populares no Pará, vai divulgar o resultado de sua terceira sondagem no município. A Doxa registrou pesquisa no último sábado (6) e informou ao TSE que só vai concluir o levantamento de campo depois de amanhã (10). Ao todo, prometeu consultar a opinião de 600 eleitores.
Enquanto os resultados não saem, a política em Parauapebas pega fogo, com composições e até mesmo novos contornos e configurações de aspirantes à segunda cadeira de prefeito mais valiosa do Pará. Mesmo com a prefeitura visivelmente falindo, mas ainda riquíssima, ela ajunta muitos fãs, tietes e sonhadores em “fazer um município melhor”, como é o discurso comum de todos os candidatos que aparecem listados nas pesquisas. Vai vendo.
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Jornal In Foco Publicidade 1200x90