Jornal In Foco Publicidade 1200x90
27/06/2024 às 12h18min - Atualizada em 27/06/2024 às 12h18min

ICMBio Carajás lança projeto de estratégia educacional para conservação ambiental no território

P. Pebinha de Açucar

Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), anuncia o lançamento oficial do Projeto Político Pedagógico Mediado Pela Educação Ambiental (PPPEA) de Carajás. O evento ocorre nos dias 26 e 27 de junho, no Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia do Pará (IFPA), no campus de Parauapebas, e é uma oportunidade para apresentar os resultados do processo de elaboração do projeto e discutir estratégias para sua implementação e acompanhamento. Representantes de instituições governamentais, organizações da sociedade civil, universidades e membros de comunidades locais estarão presentes no evento.

PPPEA de Carajás é uma estratégia inovadora de gestão ambiental que utiliza a educação ambiental como ferramenta central para diagnosticar, planejar, implementar, acompanhar e avaliar ações nas unidades de conservação federais.

O lançamento do projeto, que vem sendo delineado desde 2020, marca um passo importante para o fortalecimento da gestão ambiental na região de Carajás e pretende promover planos, programas e projetos de educação ambiental, com estratégias de implementação de políticas públicas, voltados para o enfrentamento dos problemas socioambientais, tendo em vista a inclusão social nos processos de decisão.

André Macedo, chefe do NGI ICMBio Carajás, destaca a importância do PPPEA como uma estratégia abrangente para promover a conservação ambiental através da educação. “O PPPEA representa um compromisso sério e abrangente com a conservação da biodiversidade e desenvolvimento socioambiental no território de Carajás, integrando a comunidade e os diversos atores na gestão ambiental”.

Sobre o PPPEA
Orientado pela Instrução Normativa n° 19/2018 do ICMBio, o PPPEA é composto por três eixos: situacional, conceitual e operacional.

O eixo situacional envolveu uma análise abrangente das problemáticas socioambientais e potencialidades da região de Carajás, agrupadas em cinco áreas temáticas prioritárias. O eixo conceitual estabeleceu os princípios, diretrizes e objetivos necessários para orientar a educação ambiental no território de Carajás. Entre os princípios estão o enfoque democrático, participativo e inclusivo, promovendo o respeito e a proteção do patrimônio natural e sociocultural da região. Já o eixo operacional delineou as ações educativas alinhadas com a visão de futuro para a gestão ambiental pública no território, enfatizando a importância do planejamento participativo, implementação e avaliação das ações educativas.

Durante o processo de elaboração do PPPEA, foram mapeadas as ações de educação ambiental desenvolvidas nos municípios de Parauapebas, Canaã dos Carajás e Marabá. Esse mapeamento permitiu uma compreensão mais ampla das iniciativas existentes, promovendo a interação entre diferentes órgãos governamentais e representantes da sociedade civil.

Sobre o ICMBio: O Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) é uma autarquia federal vinculada ao Ministério do Meio Ambiente, responsável pela gestão das Unidades de Conservação Federais. Seu principal objetivo é promover a conservação da biodiversidade, o uso sustentável dos recursos naturais e a valorização das populações tradicionais.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Jornal In Foco Publicidade 1200x90