Jornal In Foco Publicidade 1200x90
20/06/2024 às 11h57min - Atualizada em 20/06/2024 às 11h57min

Músicos locais ganham espaço e brilham em palco do Cidade Junina

gramação do evento conta com apresentações de artistas da cidade e da região, que vem animando a Praça de Alimentação durante a semana


Duplas Lucas e Marlu se apresentaram no palco 2 do Cidade Junina (Foto: Cidade Junina)

Nascido em Conceição do Araguaia, cidadã paraense na divisa com o Tocantins, e vivendo em Canaã desde o fim do ano passado, o cantor Jefferson Lima realizou um sonho ao fazer, pela primeira vez, um show com banda, no palco do Festival Cidade Junina, na última terça-feira (18). “Peço a Deus que esse seja apenas o primeiro de milhares de shows que virão pela frente”, disse.


Jefferson Lima chegou a Canaã no fim do ano passado e vem ganhando destaque

Ele diz que, desde criança, sempre foi apaixonado pela música sertaneja. Aos 20 anos, começou a compor e pedir oportunidades para cantar uma ou duas músicas nas apresentações de outros cantores. “Não tem sido nada fácil de lá pra cá, mas com a ajuda de amigos fui me encorajando a enfrentar os desafios e tentar viver da música, que é o que eu amo muito e gosto de fazer”, relatou. “Já passei por várias cidades de lá pra cá, e ao chegar a Canaã dos Carajás comecei a receber as melhores oportunidades na música”.

Já Marluci Martins de Oliveira, mais conhecida como Marlu, é nascida em Jacundá, no Pará, e vive em Canaã há cerca de três anos. Sua história na música começou na igreja, onde deu seus primeiros passos como artista. Depois disso, chegou a ter banda, desfez e voltou a apostar na arte. Marlu, junto com seu parceiro Lucas, foi um dos destaques do palco 2 do Canaã Cidade Junina, e se diz honrada por participar do evento. “Foi um sonho realizado, uma oportunidade para as pessoas reconhecerem que têm bons profissionais na música, na cidade”, disse.

Para a artista, o Festival, “a cada ano que passa fica melhor, mais significante e completo”. “Eu fiquei muito entusiasmada de ter cantado, porque hoje é um dos maiores Festivais do Brasil e espero estar novamente nos próximos anos”.

Jefferson, Marlu e Lucas representam mais de dez artistas locais que são responsáveis por garantir a animação do evento durante a semana e o palco secundário do Festival Canaã Cidade Junina vem se mostrando um espaço de divulgação dos cantores locais. Quando não há apresentações no quadrilhódromo, a festa fica por conta deles, que tem histórias de vida diferentes, e o mesmo objetivo: ganhar conhecimento do público e crescer na carreira.

Gratidão

O cantor Zé Henrique é natural de Araguaína, mas “é criado” em Canaã dos Carajás, aonde chegou há cerca de dez anos. Desde a infância, tocava em bandas, e há cerca de cinco anos decidiu se aventurar em carreira solo, como cantor. De lá para cá, vem se apresentando, e já levou sua música até para o Paraguai, onde morou por um breve período.

“Sou muito grato por poder participar desse evento, sou muito feliz ou feliz na área da música, gosto bastante, me adaptei nesse ramo e espero somando nesse evento”.


Dupla Zé Henrique e Lucas Ferraz também se apresentou no evento (Foto: Cidade Junina)

Já a cantora Pâmela Castro, que se apresentou na última sexta-feira (14), nasceu em Parauapebas e hoje vive em Canaã. Ela diz que sempre “foi apaixonada pela música”. Assim como Marlu, ela começou a cantar na igreja “com sete, oito anos de idade”. “Me apresentar na Cidade Junina significa muito pra mim. É uma oportunidade muito grande que, graças a Deus, eu estou tendo. Já é o segundo ano que eu participo e não me arrependi”, relatou.


Pâmela Castro começou a cantar na igreja e também brilhou na Cidade Junina

Segundo a artista, o evento tem ajudado a ampliar o seu mercado. “Sempre quando eu desço do palco, as portas se abrem e isso é muito gratificante”, disse. “Eu sempre amo, todo ano eu me animo super. É um evento muito bom. Não só pra mim, mas pra todos nós que moramos aqui em Cana dos Carajás”, completou.

Ao todo, o evento contará com a participação de mais de dez músicos locais, individualmente ou em duplas. Já se apresentaram também, por exemplo, o cantor Fábio Mosheh, e estão previstas as apresentações de Paula Couto e Eliene; banda Agnus Sacrum, Marcos Lima e Banda e Anderson Farra.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Jornal In Foco Publicidade 1200x90