Jornal In Foco Publicidade 1200x90
12/06/2024 às 11h21min - Atualizada em 12/06/2024 às 11h21min

Santo Antônio ou São José: para quem recorrer para conseguir um amor?

Santo Antônio é popularmente conhecido como santo casamenteiro, mas os fiéis acreditam que São José é aquele que garante o par ideal.

Hoje, 12 de junho, é comemorado o Dia dos Namorados e, amanhã, 13 de junho, o Dia de Santo Antônio. Popularmente conhecido como o santo casamenteiro, você sabia que Santo Antônio pode não ser a melhor opção para quem busca um amor verdadeiro? O g1 conversou com devotos para saber qual é o santo mais indicado para diferentes objetivos amorosos.

Santo Antônio, o queridinho

Santo Antônio pode ajudar aqueles que querem encontrar um namorado ou namorada. No entanto, ele não garante que essa escolha seja o par ideal. De acordo com a tradição, Santo Antônio manda qualquer um para ver a promessa cumprida. Ele é visto como uma solução rápida para quem deseja acabar com a solidão momentânea.

A fé em Santo Antônio é reforçada por práticas populares como comer o bolo de Santo Antônio na esperança de encontrar a medalha que, segundo a lenda, trará o par perfeito. E quem nunca colocou a imagem do santo de cabeça para baixo ou tirou o bebê Jesus de seu colo para “forçá-lo” a ajudar na busca pela alma gêmea?

Padre José Nery, assessor eclesiástico da Comunicação na Arquidiocese de Teresina, afirma que a fama de Santo Antônio como santo casamenteiro é bem conhecida e fundamentada em muitos testemunhos.“A história é que uma moça queria se casar e, não tendo como pagar o dote, pediu ajuda ao santo. Santo Antônio então escreveu um bilhete pedindo ao comerciante que ajudasse, e quando o comerciante colocou o bilhete na balança, pesou o equivalente ao valor do dote. E assim a moça conseguiu se casar. Isso fez com que Santo Antônio se tornasse o santo casamenteiro e festeiro entre nós”, conta o padre.

São José, o ideal

Para aqueles que desejam um casamento sólido e duradouro, a tradição recomenda São José que é venerado como um exemplo de marido e pai, e muitos acreditam que ele pode ajudar a encontrar o parceiro ideal. Padre José Nery explica que São José, como esposo da Virgem Maria, é visto como um homem virtuoso e prudente, e que ele procurará alguém com essas mesmas qualidades para indicar como parceiro.

Ana Karoliny Castelo Branco é um exemplo de fé em São José. Em 2013, Ana começou a devotar-se a São José por influência de uma senhora de seu grupo religioso.

“Eu contei a ela que estava em oração para encontrar uma pessoa, um homem de Deus na minha vida, e ela disse que quem me daria um homem justo seria São José. Eu cheguei a tentar Santo Antônio, mas a senhora me corrigiu e disse que era para eu direcionar meu pedido a São José”, relembra Ana.

Ana Karoliny é devota de São José e pediu ao santo por um bom marido — Foto: Acervo pessoal

Ana Karoliny é devota de São José e pediu ao santo por um bom marido — Foto: Acervo pessoal


Ana Karoliny é devota de São José e pediu ao santo por um bom marido — Foto: Acervo pessoal

Ana então fez a novena para São José e ofertou lírios ao santo. “Eu sabia que no momento certo São José iria enviar um José para a minha vida. Em oração, clamei por um homem justo e trabalhador. Foi aí que conheci meu esposo”, conta.

O namoro com Wilson Barbosa começou no dia de São José. “Foi tudo providência. Nossa vida é providência. E todos os meus pedidos que fiz a São José foram atendidos. É tudo no tempo de Deus e não no nosso. Foram anos de oração, pedidos, clamores e intercessão a São José, mas deu tudo certo!”, comemora Ana.
 

Fé e paciência

Padre José Nery enfatiza que, embora os santos possam ajudar, o mais importante é pedir a Deus que sua vontade seja feita.

“Tanto a Santo Antônio, tanto a São José podem ajudar. Pode pedir o casamento sim, porém deve-se pedir que seja feita a vontade de Deus, porque às vezes algumas pessoas não foram feitas para o casamento. Outras não são realizadas. Aí vão botar a culpa no Santo, dizendo que o santo colocou o primeiro que apareceu, mas, na verdade, a indicação é do coração. E nós aceitamos e nós recebemos aquilo que Deus nos dá”, conclui.

Tô com pressa, e agora?

Para ajudar a encontrar um amor por intermédio de Santo Antônio, o g1 separou algumas simpatias que, de acordo com a crença popular, podem ajudar.

Uma das crenças, está no uso da imagem de Santo Antônio, que, às vezes, é banhado em água de rosas e, em outras, é colocado de cabeça para baixo. Um das simpatias manda que a pessoa compre – no dia 12 de junho – uma rosa vermelha e amarre uma fita do santo na flor.

Em uma das pontas da fita, a pessoa escreve a inicial do nome dela. Na outra ponta, deve desenhar uma pequena cruz. A rosa deve ser deixada ao lado de sua cama em dedicação a Santo Antônio, pedindo para que ele atraia o amor. Quando a rosa secar, a fita deve ser levada a uma igreja e deixada lá.

Outra simpatia típica – e talvez a mais famosa – é amarrar uma fita branca à imagem de Santo Antônio, que deve ser guardada de cabeça para baixo dentro do armário de roupas, pedindo para encontrar o amor no prazo de três meses. Esta simpatia deve ser feita na noite do dia 13 de junho.

Superstições e simpatias com imagens de Santo Antônio — Foto: Reprodução/Canção Nova

Superstições e simpatias com imagens de Santo Antônio — Foto: Reprodução/Canção Nova

Superstições e simpatias com imagens de Santo Antônio — Foto: Reprodução/Canção Nova

(Fonte:G1)


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Jornal In Foco Publicidade 1200x90