07/06/2018 às 11h32min - Atualizada em 07/06/2018 às 11h32min

Uso de explosivo durante obras no município de Parauapebas deixa 10 famílias desabrigadas

Desde fevereiro, o bairro passa por obras de drenagem, terraplanagem e pavimentação. No final da tarde de quarta-feira (6), aconteceu a nona detonação de rochas no local, que acabou não saindo de acordo com o previsto.

G1 PA - Jornal In Foco
g1.globo.com
Resultado da explosão
Pelo menos sete casas ficaram com as estruturas bastante comprometidas, após uma detonação em uma obra da prefeitura no município de Parauapebas, sudeste do estado. Segundo a empresa responsável pela obra, com a explosão as casas sofreram rachaduras e buracos nas paredes. Alguns muros viraram escombros. Os moradores foram levados para hotéis e casas de parentes.
 
Desde fevereiro, o bairro passa por obras de drenagem, terraplanagem e pavimentação. Ainda de acordo com a empresa responsável pela obra, a área é repleta de rochas e desde então, oito detonações com o uso de dinamite já haviam sido realizadas para garantir a continuidade dos trabalhos. No final da tarde de quarta-feira (6), aconteceu a nona detonação que acabou não saindo de acordo com o previsto.
 
No momento do incidente não havia moradores nas casas. Todos foram orientados a deixarem as residências. Técnicos da Defesa Civil de Parauapebas realizaram uma vistoria no local na noite de quarta e identificaram que 10 famílias estiveram às casas abaladas pela explosão. Segundo a prefeitura que contratou a obra, a empresa responsável vai ter que explicar qual foi o erro que ocasionou o desastre. Por medida de segurança a energia no local foi interrompida. Os moradores foram levados para hotéis e casas de parentes. Ninguém ficou ferido.
 
Em nota, a prefeitura de Parauapebas informou que os procedimentos técnicos e de segurança foram tomados como evacuação de pessoas e sinalização de toda a área. A empresa JM Terraplanagem, executora da obra, informou que está atendendo todas as famílias que tiveram as casas abaladas com alimentação e hospedagem. A empresa disse ainda que vai arcar com a reconstrução das moradias, enquanto isso serão alugadas casas para as famílias. A empresa informou que está investigando o caso.
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »