22/05/2018 às 16h08min - Atualizada em 22/05/2018 às 16h08min

Homem pula de prédio no Residencial Alto Bonito em Parauapebas

Caetano Silva - Jornal In Foco
Moisés da Silva Araújo, 27 anos de idade, morreu por volta das 20h 00, de sábado 19, após pular da janela do apartamento 14, 3° andar do bloco 11, do residencial Alto Bonito, em Parauapebas.
Segundo informações colhidas junto a Polícia Civil, a vítima estava embriagada e sua mãe havia trancado o mesmo no apartamento e saído. Minutos depois a namorada de Moises chegou ao local e o chamou. Não podendo abrir a porta Moisés disse que iria descer pela janela, enquanto a namorada esperava ele abrir a porta, ouviu um grito do outro lado do bloco, percebendo ela, que o grito era de Moisés, que pulou a janela do apartamento e bateu com a cabeça no poste localizado em frente à janela.

 Acredita-se que Moisés Silva pulou na tentativa de se agarrar ao poste, porém errou o pulo batendo a cabeça no poste de iluminação pública.
Acionada por populares uma equipe do SAMU chegou ao local e tentou reanimar a vítima, porém sem sucesso, pois minutos depois Moisés veio a óbito.
A guarnição da Polícia Militar chegou à área do acidente juntamente com os investigadores  Lucas e Fátima. Depois de realizar os procedimentos cabíveis ao caso, o corpo da vítima foi removido pela equipe do Instituto Médico Legal (IML) e conduzido para necropsia no Centro de Perícia Científica Renato Chaves de Parauapebas.
A polícia que investiga o caso trabalha com diversas hipóteses, uma delas é a de que Moisés  tenha cometido suicídio a outra é a de que ele tenha pulado de seu andar do prédio para escapar de dois homens que estariam tentando matá-lo.

De acordo com a polícia Moises Silva apresentava um histórico considerável de crimes, uma vez que, era apontado como autor do incêndio ocorrido no bloco 15 naquela mesma área, também era assaltante e homicida, sendo ele autor de pelo menos 05 mortes no município de Parauapebas.
Há mais ou menos um mês o mesmo teria sofrido uma tentativa de homicídio, quando acusado de roubar botijões de gás dos moradores dos prédios.  A polícia ficou de intimar a mãe e a namorada de Moisés Silva para falar sobre o caso.
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »