12/05/2018 às 17h58min - Atualizada em 12/05/2018 às 17h58min

​Cinema e diversão: CDI Comunidade (Escola de Informática e Cidadania) de Canaã dos Carajás faz cinema para as mães

O evento levou entretenimento para as mães que participam do projeto

Atila Penha - Jornal In Foco
Ricardo Mesquita
Ontem à noite (11), o CDI realizou um evento em celebração ao dia das mães. Foi feito um cinema, onde foi exibido um filme para levar um pouco mais de entretenimento a todas as mães que tem uma rotina recheada de atividades, e com isso, pouco tempo para se divertir.

Além do cinema, no evento também foram exibidas mensagens produzidas pelas alunas, sorteio de presente e distribuição de brindes que foram confeccionados no CDI. Tudo para proporcionar um dia especial para as mães que frequentam o lugar.



A coordenadora do local, Zilda Oliveira, que também foi aluna, deu mais detalhes de como funciona o projeto. O CDI Comunidade (Escola de informática e Cidadania) existe em Canaã dos Carajás desde 2002, e atualmente conta com o apoio da Prefeitura Municipal, através da Secretaria de desenvolvimento Social e o CDI Pará.

Lá são oferecidos cursos de informática básica e avançada. Lá também os alunos participam de projetos sociais, onde realizam diversas atividades que tem o intuito de contribuir com melhorias para o município de Canaã dos Carajás.

Uma recente realização foi a criação de do projeto “Biblioteca Comunitária”, que já está funcionando. Também existe o projeto “Horta Comunitária” desenvolvido no CDC - Centro de Desenvolvimento Comunitário do Bairro Novo Horizonte, e o Projeto “Caravana da Alegria” que leva diversão para as crianças, entre outros projetos sociais que a partir dali são realizados junto aos alunos.

Inclusive, até o dia 24 de maio, tem sido feita arrecadações de peças de roupas, sapatos, livros e equipamentos de informática em boas condições para a realização de mais um projeto o “Bazar Solidário”, que será no dia 25 deste mês. Tudo será gratuito, e visa atender aos alunos mais necessitados. Caso o número de roupas ultrapasse o esperado o bazar será também aberto a toda comunidade. A ideia também do bazar é incentivar a auto sustentabilidade e a capacitação da sociedade como um todo.

O Secretário do Desenvolvimento, Ronaldo Araújo esteve no evento, e contou mais sobre este importante serviço da Secretaria de Desenvolvimento Social. Ele que já foi aluno, voluntário e professor no CDI Comunidade (Escola de Informática e Cidadania), diz que é um trabalho que une a informática com a cidadania, que é a realização de projetos sociais a partir da tecnologia.



O secretário, destacou a importância desse projeto para a comunidade, “O projeto atende jovens que não tem acesso à tecnologia, que não tem a oportunidade talvez pela situação de vulnerabilidade social, e dar essa oportunidade”. Ele ainda revela o desejo de ampliar o projeto para todas as vilas, para que todos tenham acesso a informática, tão necessário nos dias de hoje.

Para quem deseja se inscrever, novas turmas serão abertas a partir de 5 de julho, para os horários da manhã, tarde e noite. Basta levar, uma xerox da identidade e comprovante de residência. O local recebe alunos a partir dos 9 anos, que saibam ler e escrever.

No CDI Comunidade (Escola de Informática e Cidadania), cerca de 7.500 alunos já se formaram, e puderam ter outras opções de emprego. A formação de cada turma acontece a cada 6 meses, e atende 280 pessoas durante o período.               
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »