07/05/2018 às 08h20min - Atualizada em 07/05/2018 às 08h20min

Polícia Militar e Setran unem forças para realizar operação integrada

Vários veículos foram averiguados durante a ação no município canaense

Atila Penha - Jornal In Foco
Ricardo Mesquita

A operação aconteceu na última sexta-feira (04) tendo início as 17 horas a equipe realizou a ação em diversos pontos da cidade que já havia recebido algumas operações semelhantes nos últimos meses.

Segundo o Setran o intuito da ação é tirar os veículos irregulares das vias, “Tem veículos que são abordados que tem 15 infrações ou documentos atrasados durante muito tempo, essas situações acabam atrapalhando no dia a dia o trabalho da fiscalização.” Disse o agente Leão.

O Tenente Guimaraes disse que no caso da PM o intuito da operação integrada é fiscalizar a atividade ilícita, inibir a pratica de roubo e furto com a utilização de veículos principalmente de duas rodas e recuperar veículos derivado de roubo. O Tenente ainda enfatizou a drástica queda de roubo de motos na cidade que vem diminuindo graças as operações como essas que são realizadas frequentemente na cidade. “O índice de roubo está bem baixo na cidade e a população pode perceber isso.”

Tanto a PM quanto o Setran aconselham aos condutores que sempre andem com sua documentação consigo e em dias e que principalmente parem no momento da abordagem para que a situação se complique como aconteceu com Jorge Luiz de 18 anos, o jovem não acatou a ordem de parada da PM por estar sem os documentos do veículo e sem habilitação e saiu em fuga em alta velocidade. Jorge foi conduzida até a delegacia e será autuado por furo de bloqueio e direção perigosa.


Foto: Jorge foi conduzida até a delegacia


Cerca de 40 veículos de duas rodas e 3 automóveis foram abordados em um dos locais onde a operação foi realizada, destes 7 veículos que estavam circulando de forma irregular ou não estavam com a documentação no local foram conduzidos para o pátio onde serão verificadas a situação no sistema. O veiculo só será retirado com a documentação regularizada e o pagamento da remoção do guincho que custa R$ 85,00 junto à diária de R$ 11,00 que o veiculo ira ficar no pátio.

Foto: veículos foram conduzidos para o pátio.

 
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »