03/05/2018 às 11h23min - Atualizada em 03/05/2018 às 11h23min

Sicredi esclarece sobre serviços relacionados ao Banco do Brasil

A instituição conversou com a imprensa a respeito dos serviços que oferece em Canaã dos Carajás

Virginia Antony - Jornal In Foco
Ricardo Mesquita
Na tarde de ontem (02), em entrevista coletiva organizada pelo Sistema de Crédito Cooperativo - Sicredi, o diretor executivo João Coelho Pinheiro esclareceu dúvidas a respeito de quais serviços a organização pode prestar referentes ao Banco do Brasil, e na oportunidade explicou como funciona a cooperativa.
Desde o assalto na agência do Banco do Brasil de Canaã dos Carajás, no dia 10 de março, o funcionamento do banco tem funcionado de forma limitada, fazendo apenas transições sem dinheiro em espécie, ou seja, que não tenha a manipulação de cédulas no local. E essa deficiência no atendimento tem gerado inúmeras reclamações por parte dos clientes e usuários que precisam dos serviços como o de saque e pagamento de contas.


Foto: Entrevista coletiva organizada pelo Sicredi.

Em nota emitida pela assessoria do Banco do Brasil, eles informaram que os atendimentos negociais foram retomados desde do dia 09 de abril, mas que permanecia suspenso o atendimento com numerário (papel moeda) até que fosse recomposto equipamentos de segurança obrigatórios, mas que ainda estavam sem previsão de quando seria regularizado. Ainda na nota eles informaram que, clientes e usuários poderiam contar com duas casas lotéricas, com o Banco Postal que é um serviço prestado pelos Correios que também teve suas atividades paralisadas por mais de 20 dias devido a um assalto no dia 04 de abril. Além desses, também mencionaram o correspondente bancário SICREDI, onde se poderia fazer saques em conta corrente, poupança e benefícios do INSS, depósitos, pagamentos de títulos, boletos e convênios, extratos e saldos.

Com esta informação diversas pessoas procuraram a Sicredi para realizar suas transações bancárias, porém, houve um equívoco na informação que relatava os tipos de serviços prestados pela cooperativa. De acordo com o gerente regional da Sicredi, Lucyano Pizzatto de Moura, no local só é possível a realização de pagamentos de títulos, boletos e convênios, somente arrecadação de tributos, mas essa função ainda esbarra no limite diário de R$ 2mil por documento e até R$ 10 mil por título, o que já atende a demanda diária dos cooperados.

A Sicredi é uma instituição financeira cooperativa brasileira que atua em Canaã dos Carajás desde outubro de 2016. Segundo o diretor geral João Coelho Pinheiro, a finalidade da cooperativa é atender de forma local, que garanta aos associados um arrecadamento de renda proporcional ao que por ele foi movimentado, sendo assim, é possível agregar renda aos cooperados, o que gera melhorias onde estes residem, uma vez que outros benefícios tendem a suceder outros como a criação de empregos. Além disso, o cooperados também contam com serviços financeiros diversos.
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »