26/04/2018 às 17h29min - Atualizada em 26/04/2018 às 17h29min

Conheça mais do VS-45: O time de apenas dois meses que chegou à final do Rural

Em seus primeiros passos VS-45 chegou onde queria, e agora luta para ser campeão

Virgínia Antony - Jornal In Foco
A final do Campeonato Rural vai acontecer no próximo sábado 28 de abril, às 16, na Vila Ouro Verde. E quem tem encontro marcado são os times VS-45 e Vila Feitosa que irão duelar pela taça de Campeão Rural 2018. A torcida também não pode faltar.

A fim de conhecer um pouco mais da história de cada equipe, a nossa reportagem conversou com os técnicos de cada lado, que nos contaram detalhes interessantes dos seus times, e também sobre a expectativa da final.

Trabalhadores de diversas profissões e jogadores de futebol. Essa é a realidade dos integrantes dos times do Campeonato Rural, eles não são remunerados e jogam por prazer e amizade. A força de vontade é que faz acontecer, eles gostam mesmo é de jogar bola, e se dão pelos seus times, e muitas das vezes dividem o campo com amigos de infância.


Carlos Santos em entrevista para o Jornal In Foco

Carlos Santos, 26 anos, mecânico e técnico do VS-45, disse que abriu mão de jogar para estar à frente do time que foi formado recentemente, há apenas 2 meses, e foi criado para disputar o Campeonato Rural 2018. Carlos comentou que ele e outros jogadores de sua equipe jogaram o Rural pelo time do Planalto, que não pôde ser inscrito este ano na competição. Em 2018 o campeonato Rural se restringiu aos times rurais que não disputam por outros títulos regionais. 

O jovem líder do VS-45 define seu time como uma família, e comenta que se consideram como irmãos. “Montamos o time só com a amizade”. Fica por conta de cada jogador a responsabilidade de adquirir suas chuteiras e outras coisas necessárias. Carlos ajuda como pode. Os treinos são as famosas peladas que acontecem às sextas-feiras, e os uniformes foram emprestados pelo time do Boca Jr. de Canaã dos Carajás. A motivação em jogar tem nome: amizade e nada mais.

Ainda sobre o time, ele ressalta o entusiasmo dos seus comandados, que desde princípio acreditaram no potencial do time, e uns chegaram cravar que chegariam à final. Mas, ponderado, Carlos pediu que não cantassem vitória antes do tempo. E acrescentou que mesmo que fossem eliminados na primeira fase, iriam sair satisfeitos e de cabeça erguida, aliás, seria um time formado com menos de 2 meses.


Foto: Time do VS-45 em partida contra o Fluminense

A expectativa pela final é grande, teve jogador pedindo a antecipação do dia da final, querendo aproveitar o ritmo de jogo. Mas Carlos pediu calma, e disse que é um tempo a mais para se prepararem. Perguntado sobre o time da Vila Feitosa, ele disse que não se pode subestimar o time adversário, e mencionou que esteve presente no jogo da semifinal que classificou o outro finalista, que de acordo com ele “pode dar bastante trabalho”.

Carlos fez elogios ao modo que a FUNCEL tem organizado o Campeonato, “muito bom focar nos time do Rural”, ressaltando que dessa forma se leva mais visibilidade aos jogadores que já estão sendo mais visados para outros times.

Depois da final, o VS-45 deve voltar a jogar somente pelo Campeonato Rural de 2019, já que os jogadores disputam outros campeonatos por outros times da região.
 
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »