03/06/2017 às 03h47min - Atualizada em 03/06/2017 às 03h47min

Cavalgada de luxo, rodeio e show de manobras: confira como foi o 3º dia da Expocanaã

O público compareceu e deu um show de animação na noite dessa sexta-feira

Kleysykennyson Carneiro - Jornal In Foco
Quem esteve presente no 3º dia de Expocanaã pôde acompanhar um espetáculo de fortes emoções na Arena de Eventos do Parque Florentino Guirelli. Mas antes dos shows nas arenas, multidões passeavam por entre os stands das empresas participantes da festa. Muita bebida e animação transformaram a noite de sexta-feira em uma festa de grandes proporções. O dia também ficou marcado pelo início dos leilões de bovinos. Os participantes travaram duelos acirrados para saber quem dava o maior lance nos produtos oferecidos. 

Já na Arena, o 2º dia do Rodeio Profissional foi inesquecível. O público ficou em silêncio quando o locutor Roniele Vieira iniciou a oração em pedidos de proteção aos astros da montaria, os peões. A berranteira Ingrid tocou o instrumento com uma maestria ímpar e foi aplaudida de pé por todos os presentes. Na sequência, a poeira levantou quando os bois começaram a pular. Os peões se seguravam como podiam no balançar dos animais, mas poucos se mantinham firmes os 8 segundos e conseguiam nota dos juízes. 4 atletas defenderam Canaã dos Carajás: Isaque Silva Ventura, Acácio Oliveira, Fausto Arimatéia e Jureni da Silva. Dentre eles, Isaque teve o melhor desempenho e conseguiu uma das notas mais altas da noite. Um momento de preocupação foi quando o peão Cristhian Alan da Silva, de Ruropólis-Pará, sofreu um acidente em sua performance e precisou ser socorrido pelo Corpo de Bombeiros. O atleta deixou a Arena imobilizado e foi levado ao hospital.

Logo após as emoções do rodeio, quem tomou da conta da Arena foi a equipe Joaninha Freestyle Motocross. Os pilotos Gilvan Flores, o Joaninha, e Nicolas Ferreira mostraram ousadia e coragem em manobras arriscadas. O público das arquibancadas e camarotes vibraram a cada novo salto da dupla. Pela primeira vez em Canaã, o heptacampeão brasileiro de motocross Joaninha agradeceu à organização da festa. "É uma satisfação imensa poder estar aqui na cidade pela primeira vez com esse show de manobras radicais, eu costumo dizer que o público é a nossa principal energia para fazer um trabalho bonito" disse. Quando questionado a respeito do seu estado civil, Joaninha brincou: "Com essa correria que a gente vive, é muito complicado, por isso estou solteiro, mas eu tenho certeza que isso não passa de hoje" concluiu arrancando suspiros da plateia. Nicolás Ferreira, de 21 anos e piloto de freestyle mais jovem do Brasil, agradeceu também ao público e garantiu que o show seria o maior sucesso.

Entre uma manobra e outa, a dupla promoveu entre as plateias do camarote e das arquibancadas, uma pequena disputa de animação. Joaninha disse, ao final, que a disputa era apenas uma brincadeira e que todos estavam, de fato, unidos em prol do esporte.

Quem encerrou a noite foi a aguardada banda Bonde do Vaqueiro e a sua "vaquejada de luxo". O vocalista do grupo, Rick Vilhena, falou da felicidade que era visitar Canaã dos Carajás pela segunda vez: "Para mim é muito gratificante estar de volta à Canaã, pois o público é bastante caloroso. Nossas expectativas para o show são as melhores, pois preparamos um repertório 'daquele jeito', este vai ser O show" falou Rick. O vocalista falou um pouco também sobre o termo "Vaquejada de Luxo", bordão da banda: "Esse termo surgiu, pois a nossa ideia era fazer uma vaquejada diferenciada e o público abraçou essa ideia. Muitos pensam que o nome vem porque a banda vive no luxo, mas o luxo está no ritmo, nas músicas. Já temos 5 anos de carreira, uma bela história e muitos sucessos, o ritmo vem dando certo." Quando perguntado se após 5 anos de carreira, ainda sentia um nervosismo antes de vir ao palco, Rick respondeu que sim e rebateu "Quem não sente?". O artista deixou ainda uma mensagem para a cidade de Canaã dos Carajás:"Gostaria de agradecer ao público maravilhoso que vem prestigiar o Bonde do Vaqueiro, que paga o ingresso para estar presente... E quero desejar a todos uma ótima festa."

Duas motos foram sorteadas ainda para dois felizardos. O ritmo envolvente de Rick Vilhena e o Bonde do Vaqueiro encerrou o 3º dia de festa, mas não sem antes colocar os casais apaixonados para dançar.

E neste sábado, 03, tem mais festa. A etapa do Campeonato Paraense de Rodeio continua, mais uma moto será sorteada e Léo Magalhães com o seu arrocha vai tomar conta do palco principal. Vale a pena conferir!


 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »