18/04/2018 às 11h42min - Atualizada em 18/04/2018 às 11h42min

IDURB promove reunião para orientar moradores do Bairro Paraíso das Águas

Evento marcou o lançamento da 2ª fase do Programa de Regularização Fundiária

Sílvia Lopes - Jornal In Foco
Ricardo Mesquita
O evento, que aconteceu na noite desta terça-feira, (17), no Ginásio poliesportivo Antônio Chorão em Canaã dos Carajás, teve como objetivo, além de avançar mais uma etapa do processo de regularização fundiária do Bairro Paraíso das Águas, informar e orientar os moradores da localidade acerca do período do Cadastro Social das Famílias da localidade.

O Programa de Regularização Fundiária iniciou em novembro do ano passado e, a expectativa, segundo o diretor-presidente do Instituto de Desenvolvimento Urbano, Alisson Barbosa, é que seja concluído ainda em Dezembro de 2018.”O evento está sendo promovido para marcar o lançamento da segunda etapa do Programa. Este é o momento que vamos informar todos os procedimentos a serem realizados a partir de agora e, claro, orientar a todos os moradores a respeito das documentações necessárias para a regularização de seus imóveis”, destacou.


Foto: Mais uma etapa do processo de regularização fundiária do Bairro Paraíso das Águas.

Dona Raimunda Alves de Abreu, é moradora do bairro desde o início de sua ocupação, ocorrida há dez anos, e falou, meio que ainda ‘balançada’,  sobre a importância do Programa. ”Ah! Parece que agora o negócio vai para frente, sempre tive o sonho de ter o documento definitivo da casa onde moro e parece que agora sim eu vou poder chamá-la de Minha”, disse a aposentada de 75 anos.

Valdemir Gomes de Oliveira também é um dos pioneiros do bairro agradeceu ao prefeito Jeová Andrade pelo programa. “Eu, em nome dos moradores do Bairro Paraíso das Águas, digo que nós estamos [parabenizados] pela oportunidade que o prefeito estamos dando, esse trabalho é muito eficaz para toda a população”, afirmou.

Ao final do processo de regularização fundiária, serão entregues um total de 573 escrituras definitivas de imóveis para aqueles que comprovarem a posse do terreno e utilizarem a área para fins de moradia.

Durante o processo de regularização, que deve iniciar ainda em abril e segue até o final do mês de julho, está incluso a delimitação de áreas, levantamentos topográficos e por fim, o registro de títulos no cartório de imóveis. Mas para isso, antes é preciso que os moradores aguardem com toda a documentação necessária, a visita dos cadastradores sociais nas datas e horários programados e divulgados de forma detalhada em folders distribuídos durante a reunião.
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »