17/03/2018 às 12h21min - Atualizada em 17/03/2018 às 12h21min

Representantes de servidores públicos e da Prefeitura Municipal se reúnem em Belém

Audiência de conciliação foi conduzida pelo desembargador Luiz Gonzaga Neto. Prefeitura Municipal de Canaã dos Carajás deverá apresentar proposta de negociação na próxima audiência de conciliação marcada para o dia 23

- Jornal In Foco
Foto: Agência Pará/Tribunal De Justiça
Aconteceu na manhã desta sexta-feira (16) uma audiência de conciliação entre os representantes da Prefeitura Municipal de Canaã e dos servidores públicos municipais da cidade. A audiência foi conduzida pelo desembargador Luiz Gonzaga da Costa Neto. A reunião foi realizada com o objetivo de que as partes envolvidas cheguem a um acordo referente às perdas salariais dos funcionários públicos municipais.
 
De acordo com informações do Sintepp, o desembargador explicou, ainda no início de sua fala, que não julgaria o mérito da greve, mas sim as perdas salariais. A legalidade da paralisação geral, de acordo com Luiz Gonzaga, seria julgada em outro momento, seguindo os autos do processo.
 
Depois de ouvir as duas partes envolvida, o desembargador determinou que a Prefeitura Municipal apresente os documentos de compensações salariais no prazo de cinco dias. Na próxima segunda-feira (19) acontecerá uma reunião do jurídico dos sindicatos e da Prefeitura Municipal.
 
No dia seguinte, os jurídicos se reunirão mais uma vez em Belém, no TJ/PA, com o desembargador. Por fim, a nova audiência de conciliação está marcada para a próxima sexta-feira (23), data em que a Prefeitura deve apresentar uma nova proposta aos servidores. Caso não haja acordo, a decisão será tomada por Luiz Gonzaga, de acordo com a legalidade do processo.
 
Os sindicatos não descartam a possiblidade da volta da greve.
 
Procurada pela reportagem, a assessoria de comunicação da Prefeitura Municipal explicou que o órgão apresentará uma proposta na próxima reunião e que a situação, até o próximo dia 23, já estará resolvida.
 
 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »