12/03/2018 às 14h23min - Atualizada em 12/03/2018 às 14h23min

Giro policial: Delegado Thiago Carneiro fala sobre crimes ocorridos em Canaã no fim de semana

Entre os casos, o arrombamento do Banco do Brasil e o estupro de uma criança de três anos chocaram a população local

- Jornal In Foco
Foto: Reprodução
A Delegacia de Polícia de Canaã dos Carajás amanheceu lotada nesta segunda-feira (12). Entre os presentes, vítimas, parentes de pessoas detidas e até advogados. Tudo por conta de um final de semana de bastante trabalho para as polícias da cidade. Na madrugada de sexta-feira para sábado (10), criminosos conseguiram entrar na agência do Banco do Brasil, através de um buraco na parede, e roubaram cofres da unidade. Além disso, algumas outras prisões marcaram o sábado e o domingo. 

O delegado Thiago Carneiro recebeu a imprensa na sua sala e falou sobre cada caso.
 
Receptação
 
“O caso aconteceu lá na Avenida Pará, no bairro Novo Brasil. A Polícia Militar conseguiu recuperar uma motocicleta Pop 100. Ao ser abordado, já foi constatado que o veículo se tratava de um produto de furto e roubo. O condutor foi trazido para a delegacia e aqui ele falou que adquiriu a moto pelo valor de R$ 1 mil, mas não apresentou nenhum documento para a autoridade policial.”

O homem segue preso aguardando decisão da justiça.
 
Estupro de vulnerável
 
“Um senhor, de aproximadamente 70 anos de idade, praticou ato libidinoso contra uma criança de apenas três anos de. Ele foi enquadrado em flagrante de delito de estupro de vulnerável, previsto no artigo 217-A do código penal.”
 
Segundo informações, o caso aconteceu na zona rural do município. O senhor segue preso e aguarda decisão da justiça.
 
Assaltantes presos
 
Na madrugada de segunda-feira uma dupla assaltou duas senhoras na cidade. De acordo com o relato da vítima, os criminosos ordenaram que elas se deitassem no chão e entregassem os pertences de valor.
 
O delegado falou sobre a situação: “Esse assalto aconteceu na Avenida dos Pioneiros. Um maior e um menor agiram com violência e subtraíram os pertences das vítimas. A Polícia Militar teve êxito e conseguiu fazer a captura dos dois.
 
O maior de idade, na foto abaixo, Cledis Bahia Mota e o menor, J.W.A.S., foram apresentados na Depol, seguem presos e aguardam decisão da justiça.


 
Arrombamento do Banco do Brasil
 
“O furto na agência foi um fato completamente atípico no município. A Polícia Civil já instaurou inquérito para apurar as circunstâncias e identificar os autores. Já fizemos os primeiros levantamentos e ouvimos algumas testemunhas. As investigações estão em fase inicial e algumas informações não são sigilosas. Acreditamos que o valor roubado não foi muito alto e vamos verificar a fundo essa questão.”

A agência amanheceu fechada nesta segunda e ainda não há prazo de retorno das atividades.




Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »