26/10/2022 às 09h24min - Atualizada em 26/10/2022 às 09h24min

Uepa abre inscrições amanhã e ofertará cotas étnico-raciais

Candidatos que já concluíram o Ensino Médio ou estão na última série e pretendem fazer o Prosel já poderão garantir presença na seleção

dol
 

Começam amanhã as inscrições para o Processo Seletivo 2023 da Universidade do Estado do Pará (Uepa). O edital do Prosel 2023 foi divulgado ontem e todas as informações já estão disponíveis.

As vagas ofertadas são destinadas aos candidatos que já concluíram o ensino médio ou estão concluindo a última série do Ensino Médio ou equivalente, referente ao período letivo de 2022, e que vão participar do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) nos dias 13 e 20 de novembro deste ano. Os candidatos que optarem pelo curso de Música precisarão realizar um Exame Habilitatório no dia 11 de dezembro.

O titular da Pró-Reitoria de Graduação (Prograd), Ednalvo Apóstolo Campos, está otimista com o número de inscritos, após duas edições do Prosel Uepa desde o surgimento da pandemia de Covid-19. “A expectativa é de que as inscrições voltem ao patamar anterior à pandemia, que até 2020 tinha cerca de 98 mil inscritos. Depois, nos anos da pandemia, entre 2020 e 2021, o número caiu drasticamente: o Prosel de 2022 teve 48 mil inscritos. Então, nossa expectativa é retomar o número de inscrições que tínhamos antes, de aproximadamente 100 mil candidatos”, avalia.

Candidatos com hipossuficiência econômica, servidores da Uepa e seus dependentes e Pessoas com Deficiência (PcD) podem solicitar a isenção da taxa de inscrição até 6 de novembro. Para os demais, a taxa de inscrição é de R$ 60 e deve ser paga até o dia 18 do mesmo mês. Será concedida, automaticamente, a isenção aos candidatos que a solicitarem por terem concluído, ou estarem concluindo em 2022, o Ensino Médio em instituições públicas de ensino localizadas no Pará.

Estará automaticamente eliminado do Prosel 2023 o candidato que faltar em pelo menos um dia de prova do Enem 2022; obtiver nota inferior a 400 na Redação do Enem 2022 ou média aritmética das notas das áreas de conhecimento do Enem 2022 inferior a 400.

Negros e indígenas terão 20% das vagas

A grande novidade do Prosel deste ano é a implantação das cotas étnico-raciais no processo de seleção dos novos alunos. Serão destinados 20% das vagas para os candidatos que, no ato da inscrição, se declararem como negros ou indígenas e que cursaram ou estão concluindo integralmente o Ensino Médio em cursos regulares ou na modalidade Educação de Jovens e Adultos, em instituições públicas de ensino.

A resolução das cotas foi aprovada em dezembro de 2021 pelo Conselho Universitário (Consun) da Uepa. “Logo no início do ano nós começamos as atividades de um grupo de trabalho, para pensar em novas cotas. Iniciamos esse processo de constituição e formação das comissões em todos os campi e, em setembro, começamos uma formação por meio do I Seminário de Formação para a Comissão de Heteroidentificação-Validação da Universidade do Estado do Pará”, explica o Ednalvo Campos.

O professor também explica que a atividade promoveu a escuta das lideranças indígenas e de movimentos sociais negros, além de representantes de outras instituições, que já adotam o sistema de cotas étnico-raciais, para que a equipe da Prograd pudesse eleger o melhor modelo para a adoção das cotas.

O professor Ednalvo ressalta que é importante que os interessados leiam todo o edital. “O candidato que optar pelo sistema de cotas étnico-raciais fará a sua autodeclaração, então, é importante que o candidato tenha convicção de pertencimento e conhecimento de como se dará, no ato da matrícula, a entrevista com as comissões”. A validação do candidato declarado negro será baseada no fenótipo, ou seja, nos traços físicos. Para os indígenas, além da avaliação da condição declarada, também será necessária a apresentação de um documento assinado por três lideranças locais ou políticas, devidamente reconhecidas, para que as fraudes sejam evitadas.

A Uepa também reserva 30% das vagas ofertadas para as cotas socioeconômicas, destinadas a candidatos que cursaram ou concluíram integralmente o Ensino Médio em cursos regulares ou na modalidade Educação de Jovens e Adultos em instituições públicas de ensino. Além disso, será atribuído um bônus de 10% sobre a média aritmética das notas obtidas no Enem 2022, aos candidatos que tenham declarado no ato da sua solicitação de inscrição que concluíram ou estão concluindo, no Estado do Pará, a última série do Ensino Médio (ou equivalente), ou ainda que obtiveram a certificação do ensino médio por meio de exames, expedida por instituição localizada no Estado do Pará.

O resultado final do Prosel 2023 será divulgado em uma data a ser definida, assim como o período de matrícula dos novos calouros e as chamadas subsequentes.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »