14/07/2022 às 16h46min - Atualizada em 14/07/2022 às 16h46min

Férias de verão rimam com boa alimentação: veja dicas!

Nesse período de calor intenso e muitas atividades para quem está de férias, consumir alimentos saudáveis e ter rotina para as refeições, além de tomar muita água, é importante para manter a saúde em dia

dol

Diante do maior relaxamento proporcionado pelo período de folga, a rotina pode ficar bastante alterada no período das férias. Porém, alguns cuidados precisam ser mantidos na alimentação para evitar danos à saúde. Mesmo durante as idas à praia, alguns alimentos podem ser priorizados neste período de calor mais intenso.

A nutricionista do Hapvida, Adilla Almeida, destaca que o período de muito sol demanda alguns cuidados e adequações da rotina, principalmente quanto à alimentação e à hidratação. Assim, é possível tornar o período mais agradável e compensar as perdas de água e de nutrientes que ocorrem com as temperaturas mais altas. “A maior ingestão de líquidos, sobretudo de água, é fundamental para evitar problemas de saúde e sintomas como a fadiga”, afirma. Além da hidratação, a preferência por alimentos mais leves e por preparações menos gordurosas também é importante para evitar problemas gastrointestinais. Confira outras orientações da nutricionista.

Saiba como viajar sem gastar mais do que pode nessas férias

Voo atrasado ou mala extraviada? Veja os direitos do cliente

CRIANÇAS

Essa preocupação deve ser, principalmente, com as crianças, que ainda estão em fase de desenvolvimento e costumam quebrar a rotina nesse mês de julho.

Antes de tudo, o nutricionista Felipe Carvalho, explica que é necessário dar exemplo. “A alimentação das crianças começa principalmente pela alimentação dos pais. É um momento em que os pais são exemplo para elas, porque se não, a criança não vai mostrar interesse e acabar recusando os alimentos saudáveis. Então, a gente sempre salienta que os pais procurem ter uma boa alimentação e, a partir disso, instruir as crianças”, disse.

Primeiro, oferecer alimentos de qualidade, pois é uma fase que se precisa de um maior aporte de vitaminas e minerais por conta do crescimento. “Tente colocar hortaliças, vegetais e frutas, que são importantes pela questão das vitaminas. Monte para seu filho uma alimentação bem balanceada, diversificada e colorida para chamar a atenção também”, diz o nutricionista.

Seja dentro de casa ou em um momento de lazer na praia, por exemplo, algumas técnicas podem facilitar que os pequenos tenham maior interesse na comida. “A gente pede para que os pais sejam criativos nessa hora. Mas de que forma? Fazendo chopp de frutas naturais, um corte diferente para a criança ter aquele atrativo por ser mais bonitinho e etc. É um momento que os pais precisam se dedicar mais aos filhos, dando essa atenção para preservar a saúde”, orienta Felipe.

Nessa época em que o calor é mais intenso, alguns alimentos são indicados para manter também a hidratação. “A hidratação do corpo é de suma importância em todo os momentos, mas no verão deve haver um controle ainda maior, devido a exposição ao sol por longos períodos. Então, além da água que no caso das crianças deve ser consumida, no mínimo um litro e meio, os pais também podem oferecer frutas como melancia, melão e abacaxi que possuem uma concentração maior de água”, diz o especialista.

Durante o percurso de viagens, também deve-se manter os cuidados com a alimentação e, assim como em outros momentos, evitar o consumo excessivo de produtos ultra processados. “O ideal é sair de casa com uma alimentação organizada e planejada para o trajeto. Água e frutas como a banana, por exemplo, são importantes manter no carro, até mesmo, para não correr o risco de ter que parar na estrada e a criança não aceitar algum alimento ou ter que consumir produtos não tão saudáveis como guloseimas e biscoitos”, conclui o nutricionista.

 Mantenha uma alimentação balanceada.

Manter a alimentação balanceada neste período é extremamente importante. Deve-se evitar preparações muito quentes e mais pesadas nesse período de calor, já que elas podem exigir esforço para a digestão e causar desconfortos gastrointestinais.

 Dê preferência a alimentos mais leves.

Prefira saladas a base de vegetais e folhosos crus, frutas mais aquosas e preparações frias e geladas. Essa prática pode tornar o período mais confortável.

 Não descuide da alimentação nas praias.

Na praia, também é possível e necessário equilibrar a ingestão de alimentos de forma que se torne mais saudável. Prefira alimentos como coco e água de coco, peixes, cereais como o arroz, saladas, frutas e sorvetes com moderação.

 Leve lanches prontos de casa.

Durante a ida às praias ou passeios ao ar livre é possível delinear estratégias para a composição de lanches rápidos, naturais e mais saudáveis que possam ser levados de casa como frutas e sanduíches naturais. Assim, é possível evitar o risco de recorrer a preparações mais gordurosas e açucaradas.

 Cuidado com os alimentos vendidos nas praias.

O período de calor é mais propício para a proliferação de microrganismos que podem ser prejudiciais à saúde e causar infecções intestinais. Dessa forma, é preciso ter cuidado redobrado com a higiene dos manipuladores e dos ambientes para a compra de alimentos na praia. Além disso, é importante atentar à forma de armazenamento e o preparo de alimentos com frutos do mar, leite, queijos, maionese e alimentos crus.

 Não descuide da hidratação.

É sempre bom reforçar: não se esqueça da água. Ela precisa ser uma aliada nesta temporada de calor mais intenso. Faça da sua garrafinha de água a sua mais nobre companhia.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »