31/01/2018 às 17h02min - Atualizada em 31/01/2018 às 17h02min

Big Ben fecha 40 lojas e demite funcionários no Pará

Fonte: DOL (Diário Online)

O processo de recuperação judicial da Brasil Pharma, grupo de varejo responsável pela gestão da rede de farmácias Big Ben, ganhou novo capítulo nesta terça-feira (30). Cerca de 40 lojas foram fechadas em Belém e outras cidades do Pará e 200 farmacêuticos, além de diversos outros profissionais, foram demitidos. A estimativa é do Conselho Regional de Farmácia do Pará (CRF-PA).

O CRF-PA se solidarizou com os trabalhadores demitidos e diz que aguarda um posicionamento oficial da rede sobre as demissões. "Manifestamos irrestrito apoio aos mais de 200 colegas farmacêuticos afetados pelo encerramento das atividades de grande parte das lojas da rede de farmácias Big Ben", disse o Conselho através de nota. 

 

"Lamentamos imensamente que a súbita redução da rede tenha afetado de forma tão direta centenas de profissionais, abalando estruturas familiares e alterando planejamentos individuais e coletivos. Principalmente em um período de recessão e dificuldades que fazem parte das realidades dos lares brasileiros", lamentou o CRF-PA.

 

 

Placa na porta da Big Ben na avenida Júlio Cezar avisa que a unidade ficará fechada provisoriamente (Foto: Alice Martins Morais/Diário do Pará) 

RECUPERAÇÃO JUDICIAL

A Big Ben vem enfrentando uma grave crise os últimos anos. A empresa perdeu vários fornecedores e ultimamente muitos produtos estavam em falta nas prateleiras das farmácias da rede, o que fez com que muitos clientes reclamassem. 

No último dia 10, a Brasil Pharma ajuizou pedido de recuperação judicial na tentativa de resolver os problemas financeiros.

Na ocasião, o grupo apresentou o pedido com valor de causa em R$ 1,2 bilhão justificando o pedido como fruto da crise econômica que atinge o país nos últimos anos causador da queda das vendas.

O CRF-PA elabora uma nota junto as entidades em defesa do farmacêutico sobre as ações a serem tomadas.

O DOL tenta contato com a Brasil Pharma. 

(DOL)

 

 


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »